Preciso de atirar os animais internos para o papel, numa purga diária. Se não os depuro, crescem. E há mais: quero um repositório do que faço, pouco ou muito. Por isso, que se lixe. Cada entrada será o que for e espero que isso ajude.

Guia do adultério

De Abraão a Zeus vai uma fiada de tristezas e triunfos. Este Dicionário Sentimental do Adultério tece-a verbete a verbete. A entrada «Como Camuflar Um Adultério» e a contra-entrada (ou vice-versa) «Como Caçar Um Adultério» revezam-se num jogo de gato e do rato que parece a pedra-de-toque do próprio tema. Como Filipa Melo só consegue escrever bem, cada texto é, por si só, um gesto literário, embora também seja um belo repositório de torturas e prazeres, muito informativo e sempre guiado pela ironia.

19366421_10214153771421322_2861435444805108003_n.jpg

Dicionário Sentimental do Adultério
Filipa Melo
Quetzal

Entrada#12

Entrada#11