Preciso de atirar os animais internos para o papel, numa purga diária. Se não os depuro, crescem. E há mais: quero um repositório do que faço, pouco ou muito. Por isso, que se lixe. Cada entrada será o que for e espero que isso ajude.

Baleia Branca/Big Bang

Eu quero explodir. Desfazer-me nos pedaços de que sou feito, com sorte refazê-los. Ou nem isso. Deixá-los explodidos e que cada um cresça como der mais jeito. No fim, se nascer algo que se leia, tanto melhor.

Desolação